5 passos para uma corrida segura: F1 detalha plano de segurança contra Covid-19 no retorno da temporada

Nesta terça-feira, a Fórmula 1 anunciou o calendário com as primeiras corridas da temporada 2020, que serão realizadas em solo europeu. Para viabilizar as etapas, começando com o GP da Áustria em 05 de julho, a categoria precisou criar um plano de segurança sanitária, que também foi divulgado hoje.

Chamado de “5 passos para uma corrida segura”, o documento detalha as ações que serão realizadas ao longo do ano, com algumas delas, como os portões fechados, podendo ser revisado ao longo do ano, dependendo do avanço no combate à pandemia.

Em primeiro, a F1 listou “Testagem contínua”, afirmando que a categoria irá “trabalhar com parceiros privados certificados e reconhecidos, para realizar testes regulares para todas as pessoas envolvidas com a F1 presentes nos eventos”.

O segundo passo são os “Eventos fechados”, ou seja, as provas com portões fechados, sem a presença de “espectadores, convidados ou parceiros, apenas com o pessoal essencial”. No momento, essa regra é válida para toda a temporada e será executada principalmente nas oito primeiras etapas divulgadas nesta terça, mas poderá ser revisada ao longo do ano. A organização do GP do Brasil afirmou que ainda espera poder realizar a prova com portões abertos.

“Número mínimo de pessoas” é o terceiro passo da lista. “Haverá uma redução significativa do número de pessoas presentes nos eventos, não apenas da parte das equipes, mas da FIA, fornecedores e da própria F1”, diz o comunicado.

O quarto passo é o que provavelmente será o mais complexo para a logística da F1: “Viagens em isolamento”. Segundo a categoria, “as pessoas irão viajar de modo isolado, usando voos fretados o máximo possível e transporte privado será usado entre os locais de competição, hotéis e aeroportos para garantir uma ‘bolha’ restritiva”.

Para o GP da Áustria, a F1 terá menos problemas nesta questão, já que, próximo do Red Bull Ring, há uma pista de pouso militar que poderá ser usada pela categoria.

O último passo é o “Distanciamento social”. Segundo a F1, além do isolamento que a categoria terá das comunidades, as equipes ficarão isoladas entre si também, sem ter contato com as outras. Além disso, as cerimônias pré e pós corrida também serão alteradas.

Fonte Motorsport

Patrocinador:

2 Respostas

  1. Pingback : Zona em Quarentena #22 - Protestos políticos na pandemia. Chegada do pico da COVID no Brasil. Retorno da Fórmula 1. E já está liberada a prostituição na Suiça! - Zona E | Cultura Pop e Entretenimento Nerd!

Deixe uma Resposta