A História dos Grandes Prêmios – Indy 500 1952

Patrocinador:

Rivalo Apostas Esportivas

A edição de 1952 das 500 milhas de Indianapolis ocorreu no dia 30 de maio, uma sexta feira. Foi a segunda etapa do campeonato mundial de pilotos daquele ano, novamente o único evento do calendário fora da Europa. Porém, nessa prova havia um único participante do Velho Continente, ao contrário dos anos anteriores. E era um nome de peso: Alberto Ascari correu com sua Ferrari naquela edição da tradicional prova americana. Ao contrário do recente exemplo de Fernando Alonso, Ascari conseguiu se classificar. Contudo, não conseguiu terminar a prova, o que não ajudou em sua pontuação no campeonato.

Pôster oficial das 500 milhas de Indianápolis de 1952. (Reprodução STATSF1.com)

O vencedor dessa edição das 500 milhas quebrou dois recordes importantes e duradouros na história do automobilismo. Diante de um público de 200 mil pessoas, Troy Ruttman venceu a corrida aos 22 anos, 2 meses e 19 dias. Isso faz dele o vencedor mais jovem da prova até hoje. Além disso, essa vitória também deu a ele o título de piloto mais novo a vencer uma corrida do campeonato mundial por 61 anos. Quem o superou primeiro nesse quesito foi Fernando Alonso, que venceu o GP da Hungria de 2003 aos 22 anos e 26 dias. Na verdade, o dono dessa marca quebrada por Alonso era Bruce Mclaren. Isso se levarmos em consideração apenas as corridas de F1, já que Mclaren venceu o GP dos EUA de 1959 aos 22 anos, 3 meses e 21 dias.

Quase 500 Milhas de boa disputa

A pole position ficou com Fred Agabashian, com seu Kurtis Kraft Cummins, com um tempo de 1min05s212. Ao lado dele, na primeira fila, Andy Linden e Jack Mcgrath alinharam suas máquinas. Já a segunda fila foi composta por Duke Nalon, Sam Hank e Duane Carter. Logo atrás, na terceira fila, Troy Ruttman, e Bill Vukovich (os dois protagonistas da prova), acompanhados por Cliff Griffith. Esse foi o atual “Fast Nine” de 1952. Dentre esses nove, sete correram com o motor Offenhauser, extremamente popular também no restante do grid.

Ascari, o único a correr com um carro estrangeiro, uma Ferrari 375, conseguiu um tempo de 1min07s010 no lendário circuito. Essa marca o colocou na 19ª posição de largada, na 7ª fila.

Dada a bandeirada, Jack Mcgrath assumiu a liderança nas seis primeiras voltas. A partir daí a ponta foi dividida entre Vukovich e Ruttman. No entanto, quem ditou o ritmo foi Vukovich, que no total ficou na frente do pelotão por 150 voltas.

Ascari teve um problema no eixo traseiro e uma roda quebrada na volta 40, não conseguindo evitar o abandono, já na volta 41. Ele guiou seu carro para a grama na curva sudoeste, encerrando sua excursão americana por ali. Apesar desse “fracasso”, Ascari voltaria para a Europa e venceria todas as corridas restantes do campeonato, se sagrando campeão mundial de 1952.

Ascari escapa da pista em Indianapolis. (Crédito: Bob Doeppers)

Uma panca de sorte

Na volta 191, Vucovich perdeu o controle do carro, voando a mais de 200 km/h de encontro à curva nordeste. O motivo foi uma quebra na direção. Felizmente ele não se machucou e não envolveu mais ninguém na batida, mas perdeu uma corrida que estava em suas mãos desde o início. Contudo, ele havia feito a volta mais rápida no oitavo giro, recebendo assim um ponto extra como consolação.

Assim, Ruttman, que vinha 19 segundos atrás do líder, assumiu a liderança para receber a quadriculada em primeiro. Com um tempo total de 3h53min41s88, a sua média de velocidade foi de 128,922 milhas por hora, ou 207,462 km/h. Dessa forma superando a marca do ano anterior, de 126,244 milhas horárias, de Lee Wallard.

Jim Rathmann e Sam Hanks, ambos equipados com carros Kurtis Kraft, completaram o pódio. Porém, Rathmann cruzou 4 minutos depois de Ruttman, tamanha foi a vantagem conquistada pelos líderes durante as 200 voltas.Curiosamente, Ruttman nunca mais venceria nenhuma Indy 500, nem nenhuma prova da IndyCar.

Troy Ruttman, o sortudo vencedor da 36ª edição das 500 Milhas de Indianápolis. (Fonte: https://autoweek.com/article/indy-100/23-troy-ruttman-wins-1952-indy-500-never-wins-another-indycar-race)

Resultados da Indy 500 de 1952

Com a vitória, Troy Ruttman marcou oito pontos no campeonato mundial de pilotos, assumindo a segunda colocação. Não que isso fosse fazer alguma diferença em ambos os lados do Atlântico. Como Ascari não chegou à zona de pontuação, nada mudou nos pontos para os europeus. Abaixo, os dez primeiros colocados da Indy 500 de 52.

Reprodução formula1.com

Patrocinador:

Rivalo Apostas Esportivas

Deixe uma Resposta