A História dos Grandes Prêmios – Inglaterra 1951

Patrocinador:

O Grande Prêmio da Inglaterra de 1951 foi a quinta etapa da temporada. Assim como no ano anterior, a corrida aconteceu no mais que clássico circuito de Silverstone, no dia 14 de julho. A prova consistiu de 90 voltas, na configuração de 4,6 km da pista britânica. Nessa corrida a Ferrari conseguiu superar a dominante Alfa Romeo e vencer pela primeira vez na história da F-1. E a honra foi de um novato da scuderia, o argentino José-Froilan Gonzalez.

Relembrando, na corrida anterior ele teve que entregar seu carro para o veterano Ascari, que acabou terminando em segundo na França. Apesar disso, o todo-poderoso Enzo Ferrari gostou do que viu e ofereceu um contrato para Gonzalez como piloto titular. Mais tarde, o piloto escreveu: “Eu acho que já estava segurando uma caneta – pronto para assinar qualquer coisa. Eu só queria correr, para fazer parte do poderoso time italiano, o que me pareceu ser atingir o maior degrau da escada”.

A equipe da Ferrari veio com mais uma mudança para a corrida na Inglaterra. O piloto da casa Peter Whitehead trocou seu modelo 125, já bem ultrapassado. Assim, optou por um 375, com uma bela pintura azul-escura, que havia sido guiado por Reg Parnell na França. Dessa forma, a scuderia foi com quatro pilotos para essa corrida: Ascari, Villoresi, Gonzalez e Whitehead.

Os rivais italianos, a Alfa Romeo, também foi para a pista com quatro pilotos. Devido à ordem da equipe para que Luigi Fagioli entregasse o carro para Fangio na França, o veterano decidiu largar a equipe. Por isso, Felice Bonetto foi chamado para guiar o quarto carro até o fim da temporada. Ou seja, os quatro homens da líder do campeonato: Fangio, Ascari, Sanesi e Bonetto.

Pôster Oficial do GP da Inglaterra de 1951. (Fonte: statsf1.com)

A primeira pole foi um sinal

Essa corrida na Inglaterra foi duplamente histórica. Além de ter sido o palco da primeira vitória da equipe mais tradicional da F-1, foi também o da primeira pole. Com isso, pela primeira vez na história da categoria não seria uma Alfa Romeo que alinharia na posição de honra. Naquele dia, ela ficou com Gonzalez, com um tempo de 1min43s4. Ao lado deles, os dois principais pilotos da Alfa: Fangio (+1s) e Farina (+1,6s). Ascari largou de quarto, dois segundos mais lento que o companheiro. O restante do grid alinhou da seguinte forma: Villoresi (5º), Sanesi (6º), Bonetto (7º) e Whitehead (8º).

Gonzalez, o primeiro vencedor e pole da Ferrari. (Fonte: https://www.reddit.com/r/formula1/comments/6hg26v/ferraris_first_formula_one_winner_jose_froilan/)

Mudanças para garantir o show

Como repercussão da vitória dividida entre Fangio e Fagioli na etapa anterior, a organização britânica resolveu banir os carros divididos. A justificativa foi a de que era algo muito confuso para os fãs. Como o público em Silverstone para aquele ano havia diminuído para aquele ano, essa era uma preocupação justificada. Dessa forma, os figurões não teriam uma segunda chance caso seus carros ficassem pelo caminho.

Na largada, uma grande surpresa. Bonetto, saindo de sétimo, largou incrivelmente bem e alcançou a ponta logo na primeira volta. O pole Gonzalez o seguiu firme. Também na primeira volta, Ascari conseguiu a posição de Fangio. A briga que se desenhava prometia. Logo, a largada cobrou seu preço e Bonetto começou a perder ritmo. Foi ultrapassado primeiramente por Gonzalez e depois por Ascari.

Na volta 4 Fangio pulou para terceiro, e passando por Bonetto, já estava em segundo. A briga entre os dois argentinos (e amigos) pela liderança foi de altíssimo nível. Na volta 10, Fangio acha espaço e ultrapassa, mas sem se livrar da companhia de Gonzalez. Um pouco mais para trás, a disputa pelo quinto lugar entre Bonetto e Villoresi também era forte. Porém o piloto da Ferrari errou e acabou rodando, dando o sexto lugar para Sanesi.

Com os dois sul-americanos isolados na liderança, a outra disputa logo atras era entre Ascari e Farina. Na volta 16, Farina consegue a terceira posição em jogo. Depois, Ascari retomaria novamente na 24, somente para perder novamente. A defesa do a epoca campeão do mundo pela Alfa Romeo era fortíssima. A luta foi tão intensa que Farina fez a melhor volta da prova na 38.

A consolidação da evolução

Pela primeira vez no ano, a Ferrari estava dando trabalho para a Alfa Romeo. E um dos fatores que contribuiu para a vitória foi o consumo de combustível. Na volta 38, Gonzalez conseguiu ultrapassar Fangio. Porém, a Alfa estava bebendo mais que a Ferrari. Assim, Fangio foi chamado para os pits, deixando o compatriota confortável com uma liderança de um minuto. Da mesma forma, Farina parou e Ascari ganhou a terceira posição. Na parada de Sanesi, uma roda ficou presa e ele perdeu muito tempo. Com isso, Bonetto e o “melhor do resto” Reg Parnell ganharam posições.

A Ferrari começou sua rodada de pit stops dez voltas depois dos rivais. Ascari foi o primeiro a entrar, mas sem sorte. Sua caixa de cambio quebrou, o que o tirou da corrida. Gonzalez dessa vez não poderia ajudar. Também não seria uma boa estratégia da parte da Ferrari.

O argentino parou e voltou com 23 segundos de vantagem para Fangio. Na volta 75 Farina teve um problema na embreagem e abandonou. O que significava que Villoresi pulava uma posição, bem como Parnell, que chegava à zona de pontuação. Não aconteceu muita coisa a partir desse ponto e Gonzalez cruzou a linha de chegada em primeiro, para enorme satisfação de Enzo Ferrari. E também para o orgulho do segundo colocado, Fangio, que ficou feliz com o sucesso do amigo. Villoresi completou o pódio em terceiro.

Resultado do Grande Prêmio da Inglaterra de 1951

Como o principal rival de Fangio pelo campeonato, Farina, não pontuou, o argentino ampliou sua liderança no campeonato em seis pontos. A situação era a seguinte: Fangio em primeiro com 21 pontos, Farina em segundo com 15 e o constante Villoresi em terceiro com 12. Gonzalez vinha em quarto com 11, seguido por Ascari com 9. Matematicamente, Ascari não tinha mais chances de levar o campeonato.

Resultado oficial do GP da Inglaterra de 1951. (Reprodução do site formula1.com)

 

Patrocinador:

Deixe uma Resposta