Após rumores sobre infecção, Hamilton nega ter coronavírus

F1: Após rumores sobre infecção, Hamilton nega ter coronavírus

Após participar de um evento com o ator Idris Elba e Sophie Trudeau, mulher do primeiro-ministro do Canadá, ambos infectados com o coronavírus, Lewis Hamilton foi alvo de especulações que o ligavam ao Covid-19. Neste sábado, o piloto se manifestou para negar os rumores.

O hexacampeão da Fórmula 1 disse aos fãs que está saudável e treinando duro. Dada a publicidade associada à sua participação no evento, Hamilton quis tranquilizar os fãs de que ele não foi afetado.

“Houve alguma especulação sobre minha saúde, depois de eu estar em um evento em que duas pessoas mais tarde deram positivo para o coronavírus. Eu queria que você soubesse que estou indo bem, me sentindo saudável e malhando duas vezes por dia”, disse o piloto em rede social.

“Não tenho sintomas, e já se passaram 17 dias desde que vi Sophie e Idris. Eu entrei em contato com Idris e estou feliz em saber que ele está bem”, ponderou Hamilton, fazendo menção ao período de quarentena do vírus.

“Falei com meu médico e verifiquei duas vezes se precisava fazer um teste, mas a verdade é que há uma quantidade limitada de testes disponíveis e há pessoas que precisam mais do que eu, especialmente porque eu não estava mostrando nenhum sintoma”.

“Então, o que eu fiz foi me manter isolado na semana passada. Na verdade, desde que o treino [do cancelado GP da Austrália] foi abortado na sexta-feira passada, e fiquei longe das pessoas”, relatou o competidor da Mercedes.

“A coisa mais importante que todos podem fazer é manter a distância social da melhor maneira possível, se auto-isolar, se necessário, e lavar regularmente as mãos com água e sabão por pelo menos 20 segundos”, completou.

Fonte Motorsport

Patrocinador:

Deixe uma Resposta