Bottas revela estratégia misteriosa para superar Hamilton em 2020

Piloto finlandês disse que precisa ser mais consistente para bater companheiro britânico da Mercedes

Vice-campeão da Fórmula 1 com a Mercedes em 2019, Valtteri Bottas finalmente revelou sua misteriosa estratégia para superar o companheiro britânico Lewis Hamilton em 2020: de acordo com o finlandês, o “passo final” é melhorar sua consistência durante a temporada.

A declaração de Bottas vem após um ano de altos e baixos: o piloto começou o último campeonato em grande forma, liderando a tabela por algumas provas, mas caiu de produção no meio do certame e só voltou a se apresentar bem no fim de 2019. Tarde demais.

No GP do Brasil, o finlandês foi questionado acerca do que faria para bater Hamilton em 2020 e se limitou a dizer que tinha uma estratégia, sobre a qual preferia não comentar: “Está bem claro em minha mente”.

Agora, Bottas abriu o jogo quanto à tática deste ano: “Estamos trabalhando com os engenheiros e com a equipe no meu programa de desenvolvimento. O que realmente estamos focando é no passo final de que preciso: a consistência”.

“Também preciso ter ainda mais adaptabilidade a diferentes circunstâncias, mas o principal é minimizar erros”, afirmou o finlandês, que registrou quatro vitórias, cinco poles e 11 pódios na temporada passada.

“Houve sessões de qualificação em errei e isso comprometeu. Depois, houve corridas em que também errei. Em Hockenheim, perdi uma grande quantidade de pontos, então tenho que me livrar dos erros”, ponderou Bottas.

“Ainda sinto que posso melhorar. São detalhes aqui e ali, muito relacionados ao estilo de pilotagem e ao gerenciamento de pneus. Tenho que minimizar esses erros e ser capaz de encontrar o estado mental certo”.

“Isso significa que poderei executar o meu melhor todo fim de semana – essa é a parte mais complicada. Como em qualquer esporte. Tenho que me aprofundar muito para encontrar algo a mais do meu lado”, admitiu.

“Ver como posso ser um piloto melhor, como posso ter um desempenho melhor, como posso trabalhar melhor com os engenheiros. Isso me mantém trabalhando duro, porque não é fácil vencê-lo Hamilton. E isso exige muito, está me pressionando todos os dias”.

“Eu realmente custou a aceitar que algum outro piloto pode fazer algo que eu não posso. Mas aceito completamente que Lewis ganhou o título em 2019 porque, durante a temporada, foi melhor do que eu. Ele me venceu de maneira justa e honesta”.

“Mas acredito que sempre há algo que posso fazer melhor para consertar essas fraquezas. Talvez eu seja um pouco mais teimoso”, completou Bottas, que vai para quarta temporada com a Mercedes em 2020.

Fonte Motorsport

Patrocinador:

Deixe uma Resposta