Bottas sugere ida para a Ferrari caso não renove com a Mercedes

Companheiro de Hamilton na escuderia germânica, finlandês está pressionado por resultados após bom início em 2019

A temporada de especulações da dança das cadeiras da Fórmula 1 já começou e os rumores sobre uma eventual saída de Valtteri Bottas da Mercedes se reforçam. À medida que Lewis Hamilton aumenta a supremacia sobre o companheiro, a permanência do finlandês nas ‘Flechas de Prata’ fica cada vez mais improvável.

Não faltam interessados para uma vaga na Mercedes, que tem o piloto reserva Esteban Ocon como nome mais forte para o lugar de Bottas, cujo contrato com a equipe germânica se encerra no fim da atual temporada.

Assim, o finlandês já começa a avaliar suas opções para seguir no grid da Fórmula 1 em 2020. E o próprio Bottas sugeriu uma ida para a maior rival da Mercedes caso o chefe Toto Wolff não queira renovar seu vínculo.

“Penso que provei para a equipe que mereço ficar na Mercedes. Mas teremos de esperar mais algumas corridas. Nada foi assinado ainda, mas estou tentando seguir evoluindo para que tudo fique bem. Se eu tiver de deixar a Mercedes, gostaria de estar na equipe que está em segundo lugar. No momento, este time é a Ferrari”, disse o finlandês à TV francesa Canal Plus.

O piloto também comentou a concorrência com Hamilton: “Se não fosse por Lewis, eu talvez tivesse vencido mais corridas. Mas, sendo sincero, não mudaria nada, porque essa situação me ajuda a evoluir e conseguir mais. Eu quero desafiá-lo”

Fonte Motorsport

Patrocinador:

Deixe uma Resposta