Com recorde, Bottas bate Hamilton e crava a pole na Grã-Bretanha

Piloto finlandês da Mercedes quebrou sequência do companheiro britânico na pista de Silverstone neste sábado

Lewis Hamilton tentava a quinta pole position consecutiva no GP da Grã-Bretanha, mas seu companheiro de Mercedes estragou a festa do pentacampeão em casa: com o tempo de 1min25s093, o finlandês Valtteri Bottas quebrou o recorde de Silverstone e conquistou o direito de largar na ponta pela primeira vez na Inglaterra.

A apenas 0s006 do ponteiro, Hamilton foi o segundo, à frente de Charles Leclerc, monegasco da Ferrari. O holandês Max Verstappen, da Red Bull, sai em quarto, enquanto seu companheiro francês Pierre Gasly completa o top-5. Sebastian Vettel, alemão da Ferrari, é o sexto.

O treino

Com medo da chuva que assolou o circuito de Silverstone na primeira meia hora do terceiro treino livre, os pilotos foram à pista logo de cara no começo da sessão classificatória. Para ‘sorte’ dos concorrentes, não houve chuva na definição do pole position na Inglaterra.

Quem aproveitou melhor as primeiras voltas rápidas no Q1 foi Hamilton. Andando em casa, o pentacampeão cravou 1min25s513 de pneus macios com a Mercedes, quebrando o recorde de Silverstone. Não por muito tempo.

No fim do Q1, o britânico se manteve na ponta, à frente de Leclerc, Verstappen, Bottas e Vettel. Os eliminados foram Magnussen, Kvyat, Stroll, Russell e Kubica. Uma vez mais, a dupla da Williams ficou no fim do grid, para tristeza de Frank Williams, que completa 50 anos de F1 e compareceu à pista inglesa.

Q2

A segunda parte começou com mais temor pela chuva, que se avizinhava do circuito. O aguaceiro não veio e Leclerc foi o mais rápido, à frente de Bottas, Hamilton e Verstappen, todos de compostos médios, que utilizarão na largada de domingo. De pneus macios, Vettel garantiu vaga no Q3 apenas no apagar das luzes.

Contando com a audiência do técnico de futebol José Mourinho no box da Ferrari, o tetracampeão avançou em quinto, mesmo com problemas de acionamento da asa móvel (DRS). Os eliminados foram Giovinazzi, Raikkonen, Sainz, Grosjean e Pérez.

Q3

A definição do pole position começou com Bottas superando o recorde de Hamilton. O finlandês cravou 1min25s093, com pouco mais de dois décimos de vantagem da primeira tentativa do britânico. No fim, o pentacampeão melhorou seu tempo, mas as posições se mantiveram e Bottas levou a melhor na casa do companheiro, que ficou apenas 0s006 atrás.

Fonte Motorsport

Patrocinador:

Deixe uma Resposta