Gasly explica como que incidente com Alonso levou à colisão com Norris no GP de Miami

Pierre Gasly foi um nome de destaque no GP de Miami de Fórmula 1, mas não por motivos positivos, primeiro sofrendo um toque de Fernando Alonso antes de protagonizar uma colisão com Lando Norris, que levou à intervenção do safety car. O francês da AlphaTauri disse que tentou deixar espaço para o piloto da McLaren, mas não conseguia controlar o carro direito após o primeiro incidente.

Gasly e Norris tiveram um contato na saída da curva 8 com 18 voltas ainda na corrida, levando Norris a bater no muro do lado esquerdo do circuito, abandonando na hora. Isso veio após Gasly escapar da pista na curva 7, permitindo que Mick Schumacher e Kevin Magnussen o ultrapassagem, antes que o britânico tentasse o mesmo, apenas para colidir com o dianteiro esquerdo da AlphaTauri.

Os comissários chegaram a notar o incidente, mas não tomaram nenhuma ação, já que Gasly também abandonou logo após a colisão, citando problemas no lado traseiro direito do carro, que o levaram a escapar da pista

Entrevista

Gasly explicou em entrevista aos jornalistas após a corrida que os danos haviam surgido uma volta antes, na batida com Alonso, que tentou mergulhar no lado de dentro da curva 1.

“Tentamos fazer mais uma volta para ver se seria possível continuar, mas o carro estava danificado demais. Eu nem conseguia mais ficar na pista ou virar para a esquerda”, explicou. “Aí, na nossa última volta, eu estava voltando aos boxes, e ia lento na curva 7 e, sim, os carros passaram. Eu tentei virar para a direita, para dar espaço, e Norris veio acertando meu dianteiro esquerdo”.

Lando Norris – McLaren

Gasly acrescentou que estava “lento demais” e tentando “tirar o máximo possível do carro” para evitar contato com outros.

“Eu vi alguns caras passando e na curva oito eu estava virando para a direita e ele veio Tudo aconteceu muito rápido, eu estava tentando dar espaço a todos e ele veio muito próximo de mim, me acertando no dianteiro esquerdo”.

Gasly sente que não é necessário pedir desculpas a Norris, dizendo: “Eu estava tentando dar espaço. Possivelmente poderia ter ido para a esquerda, mas eu estava virando para a direita, vocês podem ver nas imagens. Não sei onde que poderia ter ido”.

Azar

Quando Norris foi informado da explicação de Gasly, ele aceitou que seu abandono foi “simplesmente azar”.

“Ele estava indo para a direita e a pista vai para este lado, ele estava apenas passando ali Se foi por causa do dano, não sei o que eu teria feito, andar colado com a parece esperando pelo melhor. Foi simplesmente azar, acredito”.

Pelo toque com Gasly, Alonso recebeu uma punição de cinco segundos. O espanhol pediu desculpas ao francês pelo incidente, aceitando toda a culpa.

“Eu fui muito otimista com a manobra. Eu recebi a penalização de cinco segundos, que foi merecido, foi meu erro, eu freei tarde demais. Estávamos prontos para devolver a posição, mas ele estava nos boxes naquele momento, então tive que pagar os cinco segundos”.

Alonso recebeu ainda mais uma penalização de cinco segundos após a corrida por sair da pista e obter uma vantagem duradoura, que o rebaixou de nono para 11º na classificação final, tirando-o da zona de pontos após terminar em oitavo na pista. A primeira punição, pelo toque de Gasly, o tirou uma posição inicialmente.

 

Fonte Motorsport

Publicidade:

Deixe uma Resposta