TL1: Verstappen lidera primeiro treino livre para o GP do Catar; Hamilton é 4º

A Fórmula 1 fez a sua estreia na pista de Losail nesta sexta-feira, com o primeiro treino livre para o GP do Catar. E em uma sessão feita ainda a tarde, com tempos pouco representativos para o resto do fim de semana, mas importante para os pilotos fazerem o reconhecimento da pista nova, foi Max Verstappen quem se deu melhor. O holandês voou para terminar a sessão na liderança, tendo Pierre Gasly em segundo, Valtteri Bottas em terceiro e Lewis Hamilton em quarto

Em uma sessão sem maiores problemas, com apenas uma rápida bandeira amarela no final, completaram a lista dos dez primeiros: Yuki Tsunoda, Sergio Pérez, Charles Leclerc, Esteban Ocon, Lando Norris e Carlos Sainz.

Com a pandemia ainda impactando o mundo em 2021, a F1 se viu obrigada a fazer uma série de mudanças no calendário da temporada, e o Catar, que não estava na programação original, acabou entrando de última hora para substituir o GP da Austrália.

A F1 ainda aproveitou para assinar um acordo de longa duração com o Catar, garantindo a prova no calendário entre 2023 e 2032, mas sem a garantia de que a prova seguirá em Losail. O circuito foi projetado principalmente para provas de moto e, por isso, a F1 pode se deslocar para um novo autódromo ou até mesmo um circuito de rua na capital Doha.

Essa primeira sessão de treinos livres acabou tendo um papel importante para os pilotos, por ser o primeiro contato do grid com a pista. Mas com o TL1 sendo realizado no meio da tarde, seus resultados acabam sendo pouco representativos para o resto do fim de semana, já que a classificação e a corrida acontecerão à noite.

Mesmo assim, os pilotos não perderam tempo e quase todo o grid saiu dos boxes nos cinco primeiros minutos da sessão de uma hora. Um ponto importante para eles entenderem nessa saída inicial é o limite de pista, que será fiscalizado em cinco curvas no fim de semana.

Nos primeiros quinze minutos, os pilotos apostaram nos pneus duros, devido às altas temperaturas da pista. Após o primeiro quarto da sessão, Verstappen liderava com 01min24s988, tendo Norris em segundo, a 0s217, Bottas em terceiro, 0s233 atrás, Hamilton em quarto, a 0s362 e Gasly em quinto.

Na marca de 30 minutos, os pilotos começavam a sair dos boxes com os compostos médios ou até mesmo o macios. Verstappen seguia na ponta com 01min24s855, enquanto o resto do top 5 seguia inalterado, com Norris em segundo, Bottas em terceiro, Hamilton em quarto e Gasly na quinta posição.

Com os ponteiros apostando em pneus macios, os tempos começaram a cair consideravelmente. A 15 minutos do fim, Verstappen voava para se manter na ponta, com 01min23s723, 0s471 mais rápido que Bottas em segundo, enquanto Hamilton era o terceiro, a 0s786, sem conseguir entregar uma volta acertada com os compostos vermelhos. Tsunoda era o quarto e Leclerc o quinto.

Mesmo sendo uma sessão tranquila, sem rodadas ou mesmo uma bandeira amarela, foi possível notar a sujeira na pista, com os pilotos frequentemente levantando nuvens de areia. Um problema importante e que pode ter um papel no fim de semana é que alguns pilotos tiveram danos no assoalho por conta das zebras colocadas para fiscalizar os limites de pista.

No final, deu Max Verstappen na ponta. O holandês liderou o TL1 do início ao fim, garantindo a primeira posição com um tempo de 01min23s723. O piloto da Red Bull teve ao seu lado outro carro com motor Honda: Pierre Gasly subiu para segundo no fim, 0s437 atrás. Valtteri Bottas foi o terceiro, 0s471 atrás e Lewis Hamilton o quarto, 0s786 mais lento que o rival na luta pelo título.

Completaram os dez primeiros: Yuki Tsunoda, Sergio Pérez, Charles Leclerc, Esteban Ocon, Lando Norris e Carlos Sainz.

Fonte Motorsport

Patrocinador:

Deixe uma Resposta