Ferrari confirma saída de Vettel da equipe ao final da temporada 2020

As primeiras notícias sobre a saída de Sebastian Vettel da Ferrari saíram na noite da segunda-feira, afirmando que as negociações sobre a renovação do contrato do tetracampeão de Fórmula 1 haviam chegado a um impasse. A equipe italiana confirmou a informação na manhã desta terça em suas redes sociais.

O atual contrato de Vettel, de três anos de duração, termina no final desta temporada, mas após meses de conversas sobre a renovação, sem chegar a um acordo, as partes tomaram a decisão de seguir outros caminhos.

“Essa foi uma decisão tomada em conjunto por nós e Sebastian, um que ambas as partes sentem ser o melhor”, disse o chefe da Ferrari Mattia Binotto. “Não foi uma decisão fácil, devido ao valor que Sebastian tem, como piloto e como pessoa. Não houve uma razão específica que levou a isso, além da crença comum de que era o momento de seguirmos outros caminhos para atingirmos nossos respectivos objetivos”

Foi aputado que a Ferrari ofereceu a Vettel um contrato de curto prazo e com salário reduzido, em comparação a seus acordos passados, mas destacou em seu anúncio que a parte financeira não pesou na decisão.

“Com o objetivo de obter os melhores resultados possíveis nesse esporte, é vital que todas as partes trabalhem em perfeita harmonia”, disse Vettel. “A equipe e eu percebemos que não existe mais um desejo em comum de continuarmos juntos além desta temporada”.

“A questão financeira não pesou nessa decisão conjunta. Pra mim, esse não é o modo correto de tomar certas decisões na vida e nunca será”.

“O que vem acontecendo nesses últimos meses levou todos a refletir sobre quais são nossas verdadeiras prioridades na vida. É necessário usar a imaginação para adotar uma nova abordagem para uma situação que mudou. Eu preciso tirar um tempo para refletir sobre o que realmente importa em meu futuro”.

“A Scuderia Ferrari ocupa um lugar especial na Fórmula 1 e desejo a ela todo o sucesso que merece. Finalmente, quero agradecer a toda a família Ferrari e, acima de tudo, aos ‘Tifosi’ ao redor do mundo, pelo apoio que me deram ao longo dos anos”.

“Meu objetivo imediato é finalizar essa fase com a Ferrari, na esperança de podermos dividir mais momentos belos juntos, para acrescentar à lista dos que já temos”.

O futuro imediato de Vettel na F1 permanece um mistério, com vagas nas rivais Mercedes e Red Bull parecendo improváveis. Isso deixaria o tetracampeão com uma decisão difícil: ir para uma equipe do meio do grid ou se aposentar.

“Em nome de todos na Ferrari, eu quero agradecer Sebastian por seu grande profissionalismo e as qualidades que ele demonstrou ao longo desses cinco anos, onde dividimos grandes momentos”, acrescentou Binotto. “Ainda não conseguimos conquistar um mundial juntos, que seria o seu quinto, mas acho que podemos conseguir grandes coisas nessa temporada incomum de 2020”.

A Ferrari ainda não tomou uma decisão sobre quem irá substituir Vettel para 2021, tendo como companheiro Charles Leclerc.

Fonte Motorsport

Patrocinador:

Deixe uma Resposta