Imprensa italiana detona Leclerc sobre acidente: “Leclerc foi de herói a burro em uma semana”

A Ferrari vem sendo duramente criticada pelo acidente envolvendo os dois pilotos no GP da Estíria. O polêmico acidente entre os dois pilotos na primeira volta do GP, vem recebendo crítica de todos os lados. Jean Alesi ex-piloto Ferrari, disse que o acidente não tem nada a ver com a pressão imposta aos pilotos, mas que o péssimo desempenho do carro seria um dos agravantes do ocorrido.

Charles Leclerc assumiu a culpa do acidente: “Minha culpa, peço desculpas a todos”. Binotto, chefe da Ferrari na F1, disse que o objetivo da equipe é unir forças para levar novamente a Ferrari no lugar que merece, e que apontar o dedo para o culpado não tornaria isso possível.

Flavio Briatore ex-chefe da Renault, foi mais duro em suas críticas a equipe e pilotos: “O erro desta vez certamente fez com que Leclerc tentasse entrar em um buraco onde não havia espaço. Vettel sabe que ele irá embora e não ajudará Leclerc, mas Seb não achava que alguém o atacaria dessa maneira.

depois de 300 metros, dois carros que não existem mais, um desastre, engenheiros e mecânicos devem ser respeitados e as cores da equipe, como a Ferrari. Nessa posição, não fazia sentido correr riscos, é preciso um pouco de disciplina, o carro não é dos pilotos, mas da equipe. Esses caras devem respeito ao trabalho da equipe. Ele deveria receber uma multa de 5 a 10%, no seu salário de piloto, a única maneira de tocar no dinheiro”. Disse Briatore.

A imprensa italiana detonou o jovem monegasco e o chamou de burro: “A bobagem do predestinado, que foi de herói a burro em uma semana, é a ponta do iceberg que rapidamente chega ao fundo. Seu desejo de se destacar lhe enganou.

“O predestinado, disfarçado de kamikaze, arruinou tudo. Às vezes, esquecemos que ele tem 22 anos e só 43 corridas. O acidente não deve esconder o problema real da Ferrari, que não é dos pilotos. O problema é o carro que não é capaz de se classificar melhor do que no décimo lugar”.

Vettel foi visto conversando com Leclerc no paddock depois do acidente, o alemão disse que está tudo bem, e os dois são maduros o suficiente para superar o ocorrido: “Está tudo bem. Acho que ambos somos maduros o suficiente para superar isso. Obviamente foi um final de semana ruim para ambos. Foi difícil de qualquer jeito, e agora abandonar com ambos os carros deixa um gosto amargo”.

Patrocinador:

Deixe uma Resposta