Lewis Hamilton vence de forma tranquila o GP da Hungria

Lewis Hamilton conquistou mais uma vitória no GP da Hungria. Hamilton assume a liderança do campeonato e se torna o maior vencedor em um circuito empatado com Schumacher, ambos tem 8 vitória em um mesmo circuito.

A Mercedes vem liderando o campeonato com uma grande folga para a sua rival na temporada, Red Bull. Hamilton largou na pole position e dominou a corrida de ponta a ponta. Bottas patinou na pista durante a largada, perdendo várias posições e sendo obrigado a fazer uma corrida de recuperação e chegando em terceiro lugar brigando com Verstappen.

Verstappen levou um grande susto antes mesmo de entrar na volta de formação. O holandês acabou saindo da pista e batendo na barreira de proteção durante a volta de instalação que os pilotos tem direito antes do começo da corrida.

A Ferrari não conseguiu um bom desempenho na corrida. Sebastian Vettel batalhou na corrida para se segurar na quinta posição, mas Alexander Albon tomou a posição do alemão o empurrando apara a 6ª posição, onde permaneceu e foi o único piloto da Ferrari a marcar pontos para a equipe. Charles Leclerc teve dificuldade com o desgaste dos pneus o que não lhe permitiu chegar na zona de pontuação.

A Haas surpreendeu à todos quando antes mesmo da largada levou seus dois carros para os boxes e trocar do intermediário para o slick. A parada foi bem sucedida, os carros americanos chegaram a ocupar o P3 e P4. No decorrer da corrida, como era esperado, os dois pilotos da equipe foram superados e apenas Kevin Magnussen chegou na zona de pontuação finalizando no P9, assim marcando os primeiros dois pontos para a equipe na temporada.

A McLaren sofreu com o tráfego na pista e conquistou apenas um P10 na corrida. Lá do Norris vem sendo o destaque da equipe pelas duas corridas na Áustria, mas na corrida as coisas mudaram. O jovem inglês batalhou para tentar escalar o pelotão, mas o tráfego de carros mais lentos dificultou seu trabalho. Carlos Sainz tinha potencial para conquistar bem mais pontos para à equipe, se não fosse o monegasco Leclerc que batalhou brilhantemente para manter sua posição no P10.

A Racing Point conquistou múltiplos pontos no GP, finalizando com seus carros no P4 e P7. Lance Stroll foi a sensação da equipe no fim de semana, o canadense colocou o RP20 no P3 na classificação e Pérez em P4. Na corrida à equipe garantiu uma boa estratégia para seus pilotos o que ajudou no trabalho em pista e fez possível o bom resultado da equipe.

Patrocinador:

Deixe uma Resposta