Mattia Binotto: Leclerc e Vettel se dão melhor do que as pessoas pensam

Sebastian Vettel e Charles Leclerc bateram no GP do Brasil de 2019

Sebastian Vettel e Charles Leclerc se tocaram na reta oposta de Interlagos, enquanto disputavam o quarto lugar no final do GP do Brasil, depois que o alemão tentou passar novamente o monegasco pelo lado de fora.

Leclerc ficou com uma roda quebrada, enquanto Vettel teve um furo de pneu, com ambos os pilotos furiosos e culpando um ao outro pelo rádio.

Esta foi a primeira batida na pista entre os dois, como companheiros de equipe, embora sua primeira temporada juntos tenha apresentado outros momentos tensos, geralmente relacionados às ordens de equipe.

Questionado se Vettel e Leclerc tinham um relacionamento saudável, o chefe da Ferari, Mattia Binotto disse: “Acho que o que posso ler ou ouvir é bem diferente em comparação ao que posso ver internamente.”

“É verdade que em Monza ’em que Leclerc não cumpriu algo combinado no quali’ não é uma situação fácil de administrar. Eles tiveram que se esclarecer, conversaram frente a frente e abertamente.”

“O mesmo aconteceu depois da Rússia ‘quando Vettel desafiou um acordo pré-corrida’.

“Atualmente eles têm um bom relacionamento e estão bem juntos. Certamente o que aconteceu hoje pode não ajudar, mas não acho que exista um drama.”

“Eu vejo isso mais como uma oportunidade, olhando para o próximo ano, de esclarecer se necessário.”

Binotto disse que a análise sobre o incidente aconteceria na sede da Ferrari em Maranello, e não no “calor” do momento.

No entanto, ele falou com os dois pilotos após a corrida e ouviu suas posições, mas o principal motivo foi passar uma mensagem.

“O principal motivo de vê-los foi por mim mesmo, dizer que eles estavam indo para as entrevistas e a única coisa que ficaria feliz em ouvir é que eles lamentavam pela equipe”, disse Binotto.

Tetracampeão mundial, Vettel foi superado por Leclerc na Ferrari este ano, com a nova estrela da F1 conquistando sete poles e duas vitórias.

Vettel só terminará à frente de Leclerc se vencer em Abu Dhabi e o monegasco terminar em sétimo ou pior.

Fonte Motorsport

Patrocinador:

Deixe uma Resposta