Mercedes revela nova pintura para temporada 2020

Lewis Hamilton e Valtteri Bottas vão competir com a Mercedes de cor preta na temporada 2020. Segundo a equipe a cor simboliza a luta pela diversidade na categoria e contra o racismo.
“Optamos por competir com uma base preta, como promessa pública de melhorar a diversidade de nossa equipe e uma declaração clara de que somos contra o racismo e todas as formas de discriminação”.

A temporada 2020 da F1 terá abertura neste final de semana tendo os trabalhos iniciado já na sexta-feira com os primeiros treinos livres. Toda a categoria vem se posicionando contra o racismo e a favor da diversidade no esporte, recentemente a categoria lançou a campanha We Race As One.

Hamilton, é o único piloto negro do esporte, ele tem sido forte em seu apoio ao movimento Black Lives Matter e participou de um protesto pacífico em Londres há duas semanas. O piloto de 35 anos também revelou planos para lançar a Comissão Hamilton para abrir maiores oportunidades para estudantes negros entrarem no setor automobilístico.

Segundo o hexacampeão: “É tão importante que aproveitemos este momento e o utilizemos para nos educar se você é um indivíduo, marca ou empresa para fazer mudanças realmente significativas quando se trata de garantir a igualdade e a inclusão. Eu pessoalmente experimentei o racismo em minha vida e vi minha família e amigos experimentando racismo e falo de coração quando apelo à mudança.

“Quando falei com Toto Wolff sobre minhas esperanças em relação ao que poderíamos alcançar como equipe, eu disse que era tão importante que nos mantivéssemos unidos. Gostaria de agradecer imensamente a Toto e o Mercedes Board por dedicar um tempo para ouvir, conversar e realmente entender minhas experiências e paixão, e por fazer esta importante declaração de que estamos dispostos a mudar e melhorar conforme um negócio”.

Patrocinador:

2 Respostas

  1. Fernando

    Hamilton é uma voz do Ayrton se o msm estivesse aqui. Seja do maior nível social ou menos favorecido que a igualdade seja para todos. O q importa é o talento independente da cor.

Deixe uma Resposta