Mesmo em sua temporada de despedida da Ferrari Vettel diz: “Não vou facilitar para Leclerc”

Disse Vettel: “O telefonema de Binotto pode-se dizer que me surpreendeu demais, nunca houve uma oferta na mesa. Eu sempre trabalhei para a equipe, mas também é um esporte individual”. Sou piloto da Ferrari e corremos para as necessidades da equipe. Mas esse também é um esporte em que você analisa seus resultados e não é que eu vou facilitar a vida de Charles só porque tenho um contrato expirando”.

Estando na sua sexta temporada pela equipe de Maranello, Vettel, não pretende sair da equipe com as mãos abanando e pretende conseguir o máximo que puder com o SF1000.

“Eu sempre tentei integrar as equipes e isso também se aplica à Ferrari. Você quer lutar pelo sucesso pessoal, mas está em uma equipe. Neste momento, não podemos falar sobre pedidos de equipes, não sabemos em que temporada estaremos e quão competitivos seremos. Mas se a situação surgir e fizer sentido, espera-se que os pilotos se ajudem. O certo é que eles correm sozinhos e eu não vou facilitar a vida de Charles só porque sou extrovertido.”

Sobre seu futuro na categoria, Vettel disse não estar envolvido em negociações, mas que espera tomar a decisão certa sobre seu futuro e de que procura pessoas certas ao seu redor.

“No momento, não estou tendo nenhuma conversa. Estou olhando para o futuro, obviamente, quero ter certeza de tomar a decisão certa para mim. Acho que tenho uma natureza muito competitiva. Consegui muito no esporte e estou motivado e disposto a conseguir mais. Para fazer isso, acho que preciso do pacote certo e das pessoas certas ao meu redor. Então é isso que estou procurando no momento.”

Patrocinador:

Deixe uma Resposta