Monoposto McLaren M23D, temporada 1976

A McLaren n° 11

Para a temporada de 1976 o Marlboro Team McLaren apresentou o modelo M23, que já havia competido desde 1973, e na temporada anterior, conduzido por Emerson Fittipaldi e Jochen Mass, com o qual o brasileiro conquistou o vice-campeonato de 1975. Emerson desistiu de disputar um terceiro título – que seria bem provável, pois ele além de poder continuar na Mclaren tinha uma proposta concreta da Ferrari, justamente as duas equipes que disputaram o título de 1975 e iriam repetir o duelo em 1976 – para se lançar em um ousado projeto de formar uma equipe própria.

O propulsor do bólido

Com isso, a Mclaren ficou sem seu principal piloto, e em uma situação delicada. Mas tudo se resolveu, pois o arrojado inglês James Hunt estava a pé, devido aos problemas financeiros de Lord Hesketh, o dono de sua equipe, e procurava um carro desesperadamente. Portanto acertou com a Mclaren, indo fazer companhia ao alemão Mass para fazer frente à dominante Ferrari e ao frio e técnico austríaco Niki Lauda, campeões de pilotos e construtores de 1975.

Para isso utilizou o Mclaren-Ford Cosworth DFV 3.0 V8.

A Mclaren desenvolvia o M26 para substituir o M23 já em 1976.
Após os primeiros testes de Jochen Mass, problemas com o resfriamento foram encontrados e Gordon Coppuck, projetista do carro, teve que redesenhar a instalação do radiador para um fluxo de ar mais efetivo. Depois que as mudanças foram feitas, Mass recomeçou a testar o carro, e o M26 fez sua estréia no GP da Holanda naquele ano em suas mãos. Depois que a primeira corrida foi completada com o carro, foi decidido entre a equipe que o carro precisava de mais trabalho de design, especialmente para a seção do nariz e o M26 não foi usado novamente em 1976. A McLaren contou com o M23 durante o resto da temporada e nas primeiras corridas de 1977, até que se julgou necessário que o M26 competisse à luz do desempenho do antecessor.

James Hunt na pista com seu carro

As modificações para 1976 incluíram uma caixa de seis velocidades da Hewland, aerodinâmica refinada e um programa de economia de peso que economizou pelo menos 30 lbs (cerca de 13,60 kg). Mais tarde naquele ano, a McLaren também substituiu a bateria de bordo por um sistema de partida de ar comprimido, economizando mais peso.

O cockpit do M23D

O projetista do M23, Gordon Coppuck nasceu em 8 de dezembro de 1936. frequentou a Escola Queen Mary para Meninos antes de se tornar um aprendiz no National Gas Turbine Establishment (NGTE). Em 1965, ele seguiu seu ex-colega da NGTE Robin Herd para a McLaren, trabalhando como seu assistente. Em 1971 ele se tornou designer-chefe da McLaren, responsável por vários modelos, incluindo o Indianapolis 500 M16 e também pelo campeonato mundial M23. Quando a McLaren se fundiu com o Projeto Quatro de Ron Dennis, em 1980, Coppuck partiu, reencontrando Herd, agora em março.

O modelo com que Hunt conquistou seu título

Ao fim da temporada de 1976 a Mclaren não conseguiu o título de construtores, ficando com o 2º lugar (74 pontos com os descartes), atrás da campeã Ferrari (83 pontos). Mas James Hunt sagrou-se campeão, superando Niki Lauda por um ponto (69 a 68), depois que o austríaco se recusou a continuar disputando o GP do Japão por razões de segurança, devido à forte chuva. Além disso, após seu terrível acidente em Nurbungring, Lauda não participou de duas corridas depois da Alemanha – Áustria e Holanda – tendo retornado em Monza, Itália.

Algumas características em certas corridas

Especificações técnicas
Chassis Monocoque de alumínio .
Suspensão (frente) Double wishbone , com amortecedores coilover internos .
Suspensão (traseira) Duplo wishbone .
Trilha do eixo 62 pol. (157 cm)
Distância entre eixos 101 pol. (257 cm)
Motor Ford – Cosworth DFV 2,993 cc (182,6 pol.) 90 ° V8 , naturalmente aspirado , montado no meio.
Transmissão: Caixa de velocidades manual de 5/6 velocidades Hewland FG400 .
Carro: McLaren M23D
Motor: V-8 Ford-Cosworth
Diâmetro x curso: 85,7 x 64,8 mm
Ano: 1976
Capacidade: 2.993 CC
Classe: Fórmula 1.
Potência: 470 cv a 10.500 rpm
Peso total: 1267,7 lbs (575 kg)

Fontes

http://www.grandprixhistory.org/mclar23.htm

https://en.wikipedia.org/wiki/1976_Formula_One_season

https://en.wikipedia.org/wiki/McLaren_M23

Deixe uma Resposta