Monza garante renovação de contrato com F1 por mais cinco anos

GP da Itália permanecerá no calendário da maior categoria do automobilismo mundial até 2024

Os fãs do GP da Itália em Monza podem comemorar. Nesta quarta-feira foi anunciado que o local que abrigará a etapa do próximo fim de semana estará no calendário da F1 por mais cinco temporadas.

Os termos do novo contrato foram acertados em abril, mas a F1 esperou até o evento comemorativo da 90ª edição do GP da Itália e do 90º aniversário da Ferrari para o anúncio.

“Estamos realmente satisfeitos por termos alcançado um acordo com o Automobile Club d’Italia (ACI) que garante que o GP da Itália permaneça no calendário do Mundial de F1 até pelo menos 2024″, disse o CEO da F1, Chase Carey.

“Este é um dos quatro GPs que fazem parte do campeonato desde 1950. História, velocidade e paixão são palavras que fãs de automobilismo associam a Monza. O sentimento que se tem neste GP é verdadeiramente único, assim como o pódio do circuito. Gostaria de agradecer ao ACI, em especial ao seu Presidente Angelo Sticchi Damiani.”

Damiani também comentou a permanência: “É como ganhar uma corrida, muito difícil e importante, disputado até a linha de chegada. É com grande satisfação que saúdo a conclusão do acordo entre o ACI e a Fórmula 1, o que garante a inclusão, pelos próximos cinco anos, do GP da Itália no calendário do Mundial de Fórmula 1 e garante que o evento ocorra neste templo da velocidade.”

Monza recebe a F1 desde seu início, em 1950, com a exceção de 1980, quando estava em obras. Além disso, o circuito é o mais rápido da categoria, com a pole de Kimi Raikkonen de 2018 tendo velocidade média de 162.9 km/h.

No calendário do próximo ano, o GP da Itália está marcado para o dia 6 de setembro.

Fonte Motorsport

Patrocinador:

Deixe uma Resposta