Perfil do Piloto

Daniil Kvyat

26 Toro Rosso

País :Rússia
Cidade :Ufa
Idade :24 anos- 26/04/94
Altura :1,82 m
  • NenhumCampeonatos
  • 74 (72 largadas)Corridas
  • 0.Vitórias
  • 0.Pole Positions
  • 1Voltas Rápidas
  • 2Pódios
  • 04 fevereiro 2019Atualizado

Daniil_Kvyat

Fórmula 1

Scuderia Toro Rosso (2014)

Em outubro de 2013, Kvyat foi anunciado pela Scuderia Toro Rosso como novo piloto da escuderia na temporada de 2014 da Fórmula 1, substituindo o australiano Daniel Ricciardo. Sua contratação foi uma surpresa, pois o português António Félix da Costa, também protegido da Red Bull, era o grande favorito à vaga. O ex-piloto e consultor da RB, Helmut Marko, justificou a escolha do russo por conta do desempenho na GP3.

Em 16 de março de 2014, Kvyat havia se tornado o piloto mais jovem a pontuar na Fórmula 1, aos 19 anos e 324 dias, graças ao seu 9º lugar ao final da primeira corrida da temporada, o GP da Austrália. Esta marca viria a ser superada por Max Verstappen que alcançou o 7º lugar no Grande Prêmio da Malásia de 2015 com 17 anos e 180 dias de idade.

Red Bull Racing (2015–2016)

Durante o fim de semana do Grande Prêmio do Japão de 2014, a equipe Red Bull anunciou Kvyat como substituto de Sebastian Vettel, que deixou a equipe ao final de 2014. Em 2015, obteve seu primeiro pódio - segunda posição - no Grande Prêmio da Hungria de 2015 e ele superou o seu companheiro de equipe, Daniel Ricciardo, ao terminar em sétimo no campeonato com 95 pontos e o australiano em oitavo com 92 pontos.

Kvyat conquistou o segundo pódio no Grande Prêmio da China de 2016 ao terminar em terceiro e foi o destaque da corrida.

Volta para a Scuderia Toro Rosso (2016)

Em 5 de maio de 2016, a Red Bull anunciou que o piloto da Toro Rosso Max Verstappen estaria substituindo Kvyat, a partir do Grande Prêmio da Espanha, com Kvyat voltando para Toro Rosso. De acordo com o chefe de equipe da Red Bull Christian Horner, "Dany será capaz de continuar o seu desenvolvimento na Toro Rosso, é uma equipe que ele está familiarizado, dando-lhe a chance de recuperar sua forma e mostrar o seu potencial."

Saída da Toro Rosso (2017)

Depois de ter somente 4 pontos contra 48 de Carlos Sainz foi substituído por Pierre Gasly no GP da Malásia mas continua na equipe como piloto reserva.

Volta no GP dos EUA dessa vez para substituir o espanhol Carlos Sainz que foi para a Renault mesmo com o décimo lugar, foi demitido da equipe e foi substituído pelo neozelandês Brendon Hartley a partir do GP do México.

Ferrari (2018)

No dia 10 de janeiro de 2018, Kvyat foi contratado como piloto de desenvolvimento na Ferrari.

Segundo retorno para a Scuderia Toro Rosso (2019)

Em 29 de setembro de 2018, Kvyat foi confirmado como um dos pilotos da Toro Rosso para a temporada de 2019, substituindo o piloto da Red Bull Pierre Gasly. Com isso, Kvyat pilota para a equipe que ele estreou na Fórmula 1 pela terceira vez em sua carreira. Ele será parceiro do piloto tailandês Alexander Albon.

Publicidade: