Perfil do Piloto

Daniil Kvyat

26 Toro Rosso

País :Rússia
Cidade :Ufa
Idade :24 anos- 26/04/94
Altura :1,82 m
  • NenhumCampeonatos
  • 74 (72 largadas)Corridas
  • 0.Vitórias
  • 0.Pole Positions
  • 1Voltas Rápidas
  • 2Pódios
  • 04 fevereiro 2019Atualizado

Daniil_Kvyat

Fórmula 1

Scuderia Toro Rosso (2014)

Em outubro de 2013, Kvyat foi anunciado pela Scuderia Toro Rosso como novo piloto da escuderia na temporada de 2014 da Fórmula 1, substituindo o australiano Daniel Ricciardo. Sua contratação foi uma surpresa, pois o português António Félix da Costa, também protegido da Red Bull, era o grande favorito à vaga. O ex-piloto e consultor da RB, Helmut Marko, justificou a escolha do russo por conta do desempenho na GP3.

Em 16 de março de 2014, Kvyat na época ele havia se tornado o piloto mais jovem a pontuar na Fórmula 1, aos 19 anos e 324 dias, graças ao seu 9º lugar ao final da primeira corrida da temporada e de sua carreira na Fórmula 1, o GP da Austrália. Esta marca viria a ser superada por Max Verstappen que alcançou o 7º lugar no Grande Prêmio da Malásia de 2015 com 17 anos e 180 dias de idade

Red Bull Racing (2015–2016)

Durante o fim de semana do Grande Prêmio do Japão de 2014, a equipe Red Bull anunciou Kvyat como substituto de Sebastian Vettel, que deixou a equipe ao final de 2014. Em 2015, obteve seu primeiro pódio - segunda posição - no Grande Prêmio da Hungria de 2015 e ele superou o seu companheiro de equipe, Daniel Ricciardo, ao terminar em sétimo no campeonato com 95 pontos e o australiano em oitavo com 92 pontos.

Kvyat conquistou o segundo pódio no Grande Prêmio da China de 2016 ao terminar em terceiro e foi o destaque da corrida.

Volta para a Scuderia Toro Rosso (2016)

Em 5 de maio de 2016, a Red Bull anunciou que o piloto da Toro Rosso Max Verstappen estaria substituindo Kvyat, a partir do Grande Prêmio da Espanha, com Kvyat voltando para Toro Rosso. De acordo com o chefe de equipe da Red Bull Christian Horner, "Dany será capaz de continuar o seu desenvolvimento na Toro Rosso, é uma equipe que ele está familiarizado, dando-lhe a chance de recuperar sua forma e mostrar o seu potencial."

Saída da Toro Rosso (2017)

Kvyat permaneceu na Toro Rosso para a temporada de 2016. Mas, depois de ter somente 4 pontos contra 48 de Carlos Sainz Jr. foi substituído por Pierre Gasly no GP da Malásia mas continua na equipe como piloto reserva.

Voltou a pilotar para a equipe no GP dos Estados Unidos, dessa vez para substituir o espanhol Carlos Sainz Jr que foi para a Renault. Porém, mesmo terminando a corrida no décimo lugar, Kvyat foi demitido da equipe e foi substituído pelo neozelandês Brendon Hartley a partir do GP do México.

Ferrari (2018)

No dia 10 de janeiro de 2018, Kvyat foi contratado como piloto de desenvolvimento na Ferrari.

Segundo retorno para a Scuderia Toro Rosso (2019)

Em 29 de setembro de 2018, Kvyat foi confirmado como um dos pilotos da Toro Rosso para a temporada de 2019, substituindo Pierre Gasly que foi para a Red Bull Racing para ocupar a vaga deixada por Daniel Ricciardo que se mudou para Renault. Com isso, Kvyat pilota para a equipe que ele estreou na Fórmula 1 pela terceira vez em sua carreira. Ele foi companheiro de equipe do piloto tailandês Alexander Albon até o GP da Bélgica, quando albon foi promovido para a Red Bull e Gasly retornou para a Toro Rosso.

Patrocinador: