Perfil do Piloto

Romain Grosjean

8 Haas

País :França (Suiça)
Cidade :Genebra
Idade :34 anos - 17/04/86
Altura :1,80 m
  • NenhumCampeonatos
  • 170 (168 largadas)Corridas
  • 0.Vitórias
  • 0.Pole Positions
  • 1Voltas Rápidas
  • 10Pódios
  • 26 de fevereiro de 2020Atualizado

Romain_Grosjean

  • 1 Fórmula 1
    • 1.1 Renault
    • 1.2 Lotus
    • 1.3 Haas

Fórmula 1

Renault

Grosjean chegou à Fórmula 1 no meio da temporada de 2009 na equipe da Renault, substituindo Nelsinho Piquet que não havia se destacado na equipe. Estreou no dia 23 de agosto de 2009, pilotando em Valência. Seu companheiro de equipe era o espanhol Fernando Alonso.

Em 2010 retornou à GP2 devido também não ter tido grande desempenho na Renault. No início de 2011 foi contratado novamente pela Lotus Renault como piloto de testes porém continua a disputar a temporada da GP2.

Lotus

Em 2012, foi anunciado que Grosjean seria promovido de piloto de testes à piloto principal da equipe Lotus Renault, para pilotar ao lado do novo contratado Kimi Räikkönen. Curiosamente, Romain volta a Fórmula 1 também substituindo um brasileiro, desta vez Bruno Senna que migrou para a Williams. No Grande Prêmio da China de 2012, terceira corrida da temporada, marcou seus primeiros pontos na Fórmula 1 graças a um sexto lugar. Na etapa seguinte, no Grande Prêmio do Bahrain de 2012, Grosjean subiu ao pódio pela primeira vez, ao chegar em terceiro lugar.

No Grande Prêmio da Espanha ficou com o quarto lugar, marcando pela primeira vez na carreira a melhor volta de uma prova.

No Grande Prêmio da Bélgica, Grosjean provocou um acidente incrível, passando o carro por cima de Fernando Alonso. Por causa disso, levou uma suspensão de uma corrida. Grosjean terminou a temporada de 2012 em oitavo lugar.

em 2013 grosjean fez sua melhor temporada. No gp da Austrália conseguiu um decimo lugar, com seu companheiro Kimi Raikkonen em primeiro, na quarta corrida no bahrein conseguiu subir ao pódio pela primeira vez na temporada. Grosjean continuou bem conseguindo 6 pódios na temporada, três deles de forma consecutiva e terminou em sétimo lugar.

Em 2014 fez uma das suas piores temporadas graças ao carro nada competitivo da lotus. Grosjean consiguiu apenas 8 pontos terminando em decimo quarto lugar.

Em 20 de novembro de 2014 renovou seu contrato com a Lotus por mais uma temporada.


Na temporada de 2015 grosjean se saiu muito melhor, conseguindo pontuar bem. No Grande Prêmio da Bélgica de 2015, Grosjean aproveitou-se do pneu estourado de Sebastian Vettel para conseguir seu primeiro pódio na temporada, o 10° na carreira. grosjean terminou a temporada em decimo primeiro.

Haas

Foi contratado em 29 de setembro de 2015 para guiar pela equipe Haas F1 Team que estreará em 2016. Grosjean conseguiu um ótimo resultado no Grande Prêmio da Austrália de 2016 (Fórmula 1), ao completar em 6° lugar na estreia da equipe Haas F1 Team na Fórmula 1.

No Grande Prêmio do Bahrein de 2016 (Fórmula 1), segunda corrida desse mesmo ano, Grosjean terminou a corrida em 5° lugar, sendo este o melhor resultado da equipe Haas na Fórmula 1, até então.

Em 2017 grosjean fez uma temporada mediana que nem em 2016 terminando em decimo terceiro com 28 pontos.

Em 2018 foi a temporada mais frustrante para grosjean. No Gp da Austrália estava na quarta posição mas abandonou. No gp do Azerbaijão Grosjean estava na zona de pontuação mas conseguiu bater sozinho no safety car, e na corrida seguinte na espanha Grosjean errou e provocou um acidente que tirou Hulkenberg e Gasly. ficou ate o gp da frança sem marcar um ponto. Na nona corrida na Áustria grosjean pontuou pela primeira vez com um quarto lugar, daquela corrida pra frente grosjean continuou pontuando. Grosjean terminou a temporada em decimo quarto com trinta e sete pontos


Patrocinador: