Prost já fala em saída de Ricciardo da Renault: “Não temos uma opção”

Piloto da Renault na Fórmula 1 desde o começo de 2019, Daniel Ricciardo pode deixar a equipe já no fim de 2020. O australiano tem contrato até o fim da atual temporada e ainda não encaminhou a renovação com o time amarelo. Tendo isso em vista, o diretor não-executivo da escuderia, Alain Prost, foi questionado sobre a permanência do piloto. “Ele está livre. Não temos cartas na mão, não temos uma opção”, disse o tetracampeão.

A declaração de Prost vem em meio ao fortalecimento dos rumores de uma possível ida de Ricciardo para a Ferrari. No time de Maranello, o australiano assumiria a vaga de seu ex-companheiro alemão da Red Bull, Sebastian Vettel.

O tetracampeão mundial tem contrato com a escuderia vermelha até o fim deste ano e as negociações pela renovação estão se arrastando. De acordo com o jornal italiano Gazzetta dello Sport, a proposta inicial feita pela equipe representaria uma grande perda salarial para Vettel. Os vencimentos do alemão cairiam de € 27 milhões (ou R$ 164 milhões) para € 12 milhões (R$ 73 milhões) na F1.

A outra opção de Ricciardo poderia ser um retorno para a Red Bull, pela qual o australiano correu entre 2014 e 2018, vencendo sete GPs da categoria. Entretanto, Prost tem suas dúvidas sobre o retorno, tendo em vista a presença do holandês Max Verstappen, rival de Ricciardo.

“Max tem todo o apoio da Red Bull, então não vejo Daniel indo para lá. Mas está tudo aberto. De qualquer forma, é certo que Daniel quer continuar. Ele fez um plano, não uma aposta, para ter sucesso com a Renault. Estamos conversando de forma positiva”, ponderou Prost.

Fonte Motorsport

Patrocinador:

Deixe uma Resposta