Sem Max Verstappen, Red Bull usa dia de gravações para se adaptar ao novo “normal” da F1

Nesta manhã dia 25, a equipe Red Bull utilizou um de seus dias de gravações para realizar testes em Silverstone com carro de 2020. Sem a presença de Max Verstappen, Alexander Albon liderou a equipe nos “testes”. O “passeio” de Albon em Silverstone, foi limitado a 100 km, pois foi classificado como um evento promocional.

Seu companheiro de equipe, Max Verstappen, não pode comparecer ao teste, pois já que está em sua casa em Mônaco, só teria condições de participar do teste se tivesse chegado na Inglaterra há duas semanas, ou seja, dia 11 de junho. Porém, como o teste da Red Bull foi anunciado em cima da hora, a situação ficou complicada para o holandês.

Ao abrir os trabalhos em Silverstone, a Red Bull postou em suas redes sociais: Faz 118 dias desde a última vez que vimos essa cena… Temos o prazer de vê-lo novamente RB16

Sendo assim, a Red Bull é a única do pelotão da frente, que é composto até o momento por, Red Bull, Mercedes e Ferrari, a utilizar o carro de 2020 nas pistas depois da pré-temporada.

Patrocinador:

Deixe uma Resposta