Verstappen aponta quem serão seus rivais nos próximos anos na F1

Holandês valorizou outros jovens prodígios e pilotos lembraram tempos de lutas no kart

Max Verstappen acredita que Charles Leclerc não é o único jovem prodígio com quem ele vá lutar por títulos na Fórmula 1 no futuro, e apontou aqueles que acredita que podem se tornar grandes adversários nos próximos anos, relembrando rivalidades dos tempos de kart.

Verstappen venceu Leclerc na intensa disputa pela vitória no GP da Áustria deste ano. Depois da corrida, um vídeo da dupla se desentendendo após um incidente de kart de sete anos atrás surgiu nas redes sociais.

Aos 21 anos, ambos são considerados por muitos o futuro da Fórmula 1. Verstappen disse que se dá muito bem com Leclerc, mas acredita que há outros pilotos em situações de menos destaque que se tornarão grandes adversários em temporadas futuras.

“Nós disputamos posições realmente forte, e claro que tivemos nossos momentos no kart”, disse Verstappen “Mas eu acho que todos crescemos e agora ambos somos pilotos da Fórmula 1, nós dois estamos vivendo o sonho”.

“Se podemos estar juntos é fantástico. Eu tenho muito respeito por Charles. Ele é um grande piloto, mas não espero lutar apenas com ele. Há outros jovens talentosos, como Lando Norris, potencialmente George Russell e talvez Alex Albon”.

“Temos muitos jovens talentos chegando e se eles tiverem o carro certo, poderão fazer um grande trabalho também”.

Muitos dos pilotos da próxima geração disputaram campeonatos entre eles no kart e outras categorias de monopostos.

Russell, Norris e Albon lutaram pelo título da F2 no ano passado, enquanto Russell e Albon foram companheiros de Leclerc no kart.

“Nós todos costumávamos fazer bagunça juntos quando meninos”, disse Russell. “Eu mesmo, Alex e Charles éramos companheiros em 2011 e costumávamos fazer travessuras.

“Em algumas corridas, eu fui companheiro de Max em 2012, e corri com Alex por vários anos. É uma sensação realmente estranha que nós tenhamos vindo todos juntos para a F1, e todos nós forçamos uns aos outros para sermos melhores pilotos”.

“Nós estamos sempre nos forçando a níveis mais elevados e eu acho que este foi um grande fator para nos trazer à F1 e porque nós temos a representação correta”.

Norris, que está impressionando em sua temporada de estreia na McLaren, disse: que a relação próxima entre jovens pilotos “tornou as coisas melhores”.

“É mais divertido” disse ele. “Não é como você esteja em seu próprio mundo ou algo assim. É mais aberto, você pode falar com pessoas que entendem, e isso torna tudo mais agradável”.

Fonte Motorsport

Patrocinador:

Deixe uma Resposta