Perfil do Piloto

Charles Leclerc

16 Ferrari

País :Mônaco
Cidade :Monte Carlo
Idade :21 anos - 16/10/97
Altura :1,80 m
  • NenhumCampeonatos
  • 21 (21 largadas)Corridas
  • 0Vitórias
  • 0Pole Positions
  • 0Voltas Rápidas
  • 0Pódios
  • 04 de fevereiro de 2019Atualizado

Charles_Leclerc

Fórmula 1

Em março de 2016, foi anunciado que Leclerc seria um dos dois pilotos admitidos na Ferrari Driver Academy e atuaria como piloto de desenvolvimento da Haas F1 Team e da Scuderia Ferrari. Como parte de seu papel como piloto de desenvolvimento, Leclerc participou na primeira sessão de quatro GPs na temporada de 2016. Acreditava-se, que, se Leclerc ganhasse o campeonato da GP3 Series, ele faria o mesmo caminho de Daniil Kvyat e Valtteri Bottas e seguiria direto da GP3 para a Fórmula 1 com a equipe Haas. Entretanto, isto foi descartado pelo chefe da equipe Haas, Gunther Steiner, que declarou que Leclerc iria competir a temporada de 2017 do Campeonato de Fórmula 2 da FIA, na qual veio a se sagrar campeão acumulando 282 pontos correndo pela Prema Racing.

Sauber

No Grande Prêmio da Austrália de 2018 em 25 de março de 2018, Leclerc competiu pela primeira vez no Campeonato Mundial de Fórmula 1, qualificado-se em 18º e terminando a corrida em 13º.

No dia 29 de abril de 2018, Leclerc conquistou seus primeiros oito pontos na Fórmula 1 ao chegar em 6º e ainda foi o Piloto do Dia no Grande Prêmio do Azerbaijão de 2018. Pontuando novamente na corrida seguinte no Grande Prêmio da Espanha de 2018, sendo o primeiro piloto desde Felipe Nasr, em 2015, a pontuar em dois grande prêmios seguidos para a equipe Sauber.

No retorno do Grande Prêmio da França de 2018 ao calendário da Fórmula 1, Leclerc qualificou-se em 8º para o grid de largada sendo mais uma vez o primeiro primeiro piloto a qualificar-se pela a equipa Sauber para o Q3 (qualificação 3) desde 2015 quando Marcus Ericsson se qualificou em 10º no Grande Prêmio da Itália de 2015.

Ferrari

Em 11 de setembro de 2018 a Scuderia Ferrari o anunciou como piloto titular a partir de 2019, substituindo Kimi Räikkönen, que irá pilotar para a Sauber, ocupando a vaga deixada por Leclerc. Seu contrato com a Ferrari irá até o fim de 2020.

Publicidade: