Perfil do Piloto

Charles Leclerc

16 Ferrari

País :Mônaco
Cidade :Monte Carlo
Idade :21 anos - 16/10/97
Altura :1,80 m
  • NenhumCampeonatos
  • 21 (21 largadas)Corridas
  • 0.Vitórias
  • 0.Pole Positions
  • 0.Voltas Rápidas
  • 0.Pódios
  • 04 de fevereiro de 2019Atualizado

Charles_Leclerc

Fórmula 1

Em março de 2016, foi anunciado que Leclerc seria um dos dois pilotos admitidos na Ferrari Driver Academy e atuaria como piloto de desenvolvimento da Haas F1 Team e da Scuderia Ferrari. Como parte de seu papel como piloto de desenvolvimento, Leclerc participou na primeira sessão de quatro GPs na temporada de 2016. Acreditava-se, que, se Leclerc ganhasse o campeonato da GP3 Series, ele faria o mesmo caminho de Daniil Kvyat e Valtteri Bottas e seguiria direto da GP3 para a Fórmula 1 com a equipe Haas. Entretanto, isto foi descartado pelo chefe da equipe Haas, Gunther Steiner, que declarou que Leclerc iria competir a temporada de 2017 do Campeonato de Fórmula 2 da FIA, na qual veio a se sagrar campeão acumulando 282 pontos correndo pela Prema Racing.

Sauber

Debutou na Fórmula 1 no Grande Prêmio da Austrália de 2018, qualificado-se em 18º e terminando a corrida em 13º.

Conquistou seus primeiros oito pontos na Fórmula 1 ao chegar em 6º e ainda foi o 'Piloto do Dia' no Grande Prêmio do Azerbaijão. Pontuando novamente na corrida seguinte no Grande Prêmio da Espanha, sendo o primeiro piloto desde Felipe Nasr, em 2015, a pontuar em dois grande prêmios seguidos para a equipe Sauber.

No retorno do Grande Prêmio da França ao calendário da Fórmula 1, Leclerc qualificou-se em 8º para a largada, algo que não ocorria a equipe Sauber largar entre os dez primeiros desde o Grande Prêmio da Itália de 2015.

Ferrari

Em 11 de setembro de 2018 a Scuderia Ferrari o anunciou como piloto titular partir de 2019, substituindo Kimi Räikkönen. Seu contrato irá até o fim de 2020.

Na segunda prova da temporada 2019 no Bahrein obteve a pole position, tornando-se o mais jovem da equipe Ferrari - superando a Jacky Ickx, e segundo da categoria, atrás de seu atual companheiro Sebastian Vettel. Esteve próximo de vencer a corrida quando liderava com folga até sua Ferrari perder bastante potência, terminando na terceira posição. Obteve também um ponto extra pela Volta mais rápida.

Conquistou sua primeira vitória na Fórmula 1 na Bélgica, após largar da pole position pela terceira vez na temporada, superando Lewis Hamilton, que chegou em segundo. No pódio, dedicou sua vitória ao piloto francês Anthoine Hubert, que havia morrido em um acidente na Fórmula 2 um dia antes.

Patrocinador: