Perfil do Piloto

Jack Brabham

Cooper, Rob Walker Racing Team e Brabham

País :Austrália
Cidade :Hurstville
Idade :02/04/26 - 19/05/14 (88 anos)
Altura :
  • 3 (1959, 1960, 1966)Campeonatos
  • 128 (126 largadas)Corridas
  • 14Vitórias
  • 13Pole Positions
  • 12Voltas Rápidas
  • 31Pódios
  • 13 Outubro 2018Atualizado

Jack_Brabham

Sir John Arthur Brabham, conhecido como Jack Brabham (Hurstville, 2 de abril de 1926 — Gold Coast, 19 de maio de 2014), foi um automobilista australiano que venceu os campeonatos de Fórmula 1 em 1959, 1960 e 1966.

Brabham é de uma segunda geração de australianos, filho de um dono de mercearia em Hurstville, perto de Sydney. Ele abandonou a escola aos 15 para trabalhar em uma oficina.

Durante a Segunda Guerra Mundial, Brabham serviu na Royal Australian Air Force. Em 1946 abriu uma pequena oficina. Também corria de kart e na sua primeira temporada venceu o campeonato NSW e formou uma parceria com Ron Tauranac.

Em 1955, estreou no Grande Prêmio da Grã-Bretanha pilotando um Cooper. No campeonato de 1959, Brabham venceu o campeonato. Um fato curioso é que para ser campeão, ele teve de empurrar seu carro na reta final do GP dos Estados Unidos. Brabham liderava a última prova da temporada quando, a pouco mais de 300 metros da bandeira quadriculada, a gasolina acabou. Não vendo outra alternativa, ele saltou do cockpit e arrastou seu Cooper para um honroso quarto lugar. O resultado lhe deu pontos suficientes para superar o inglês Tony Brooks na briga pelo título e, de quebra, garantiu o título de construtores para a sua equipe.

Ele voltou a ser campeão em 1960, novamente com a equipe Cooper.

Brabham levou o Cooper campeão de Fórmula 1 para o Indianapolis Motor Speedway para testes logo após a temporada de 1960 e competiu nas 500 Milhas de Indianápolis com uma versão modificada de um carro de Fórmula 1 em 1961. O carrinho engraçado da Europa foi ridicularizado pelas outras equipes, mas chegou a estar em terceiro e terminou a corrida em 9º lugar.

Em 1961, o piloto fundou a sua equipe Brabham com Ron Tauranac. Pouco antes, havia sido colocada uma limitação de 1500 cilindradas nos motores da Fórmula 1, o que não foi bom para Brabham, que não venceu nenhuma corrida com o novo carro no campeonato de 1962. A primeira vitória da equipe veio no Grande Prêmio da França de 1964 com Dan Gurney. 1966, a regra mudou para 3000 cilindradas e Brabham com um Brabham-Repco venceu o campeonato pela terceira vez e a primeira ostentando como dono de equipe. 1967, o título veio com seu companheiro de equipe Denny Hulme. 1970, ele venceu a prova de abertura, o Grande Prêmio da África do Sul, a última da sua carreira. Brabham se aposentou e logo após parou completamente com as corridas, vendendo sua equipe para Tauranac antes de retornar para a Austrália.

Os seus três filhos, Geoff, Gary e David, também foram pilotos de corrida.

Jack Brabham tornou-se membro do International Motorsports Hall of Fame em 1990.