Leclerc critica área de escape escorregadia de Hockenheim: “inaceitável”

Décimo do grid, piloto da Ferrari abandonou após escapar da pista, deslizar e bater contra a barreira de pneus

Charles Leclerc admitiu que foi “completamente culpado” pelo acidente que provocou seu abandono do GP da Alemanha, após escapar da pista na curva 15, deslizar na molhada área de escape e bater na barreira de pneus.

O piloto da Ferrari estava disputando as primeiras posições da prova após o pit stop de Lewis Hamilton, que danificou sua asa dianteira também em uma escapada de pista, mas conseguiu voltar à prova. Leclerc, porém, foi forçado a abandonar.

“Estou decepcionado comigo mesmo hoje “, disse o piloto monegasco à emissora escandinava Viaplay. “Não é um grande erro. É um pequeno erro, cometi erros muito maiores durante a temporada”.

“Não torna o meu erro nada melhor, mas, antes de tudo, acho que as áreas de escape das duas últimas curvas são simplesmente inaceitáveis em uma pista de Fórmula 1 quando estiver molhada. Não podemos ter tão pouca aderência”.

“Nós vimos outros pilotos [saírem], talvez eu era o único com pneus slicks, mas eu estava a 60km/h e não tinha absolutamente nenhuma aderência. Há algo lá. Mas no geral isso não perdoa meu erro. Eu sou completamente culpado hoje e é uma grande vergonha. Sinto muito pelos fãs e pela equipe”

Fonte Motorsport

Patrocinador:

Deixe uma Resposta