Massa fala como foi ter Schumacher e Alonso como companheiros de equipe: “Sofri um pouco mais com Fernando”

Das 15 temporadas que passou na Fórmula 1, Felipe Massa correu oito deles na Ferrari. E, nesse período, correu com dois companheiros que frequentemente são vistos em listas de melhores de todos os tempos: Michael Schumacher e Fernando Alonso. Mas qual deles o brasileiro considera o melhor, com maior talento?

Em entrevista ao programa espanhol Carrusel Deportivo, o brasileiro tentou responder a essa difícil pergunta, falando como que foi correr ao lado de ambos.

Massa correu ao lado de Schumacher apenas uma temporada, em 2006, a última do alemão antes de sua primeira aposentadoria. E terminou o ano, seu primeiro com a Ferrari em terceiro no mundial de pilotos, atrás de Schumacher e do próprio Alonso.

“É uma comparação muito difícil hein. Porque eu via Schumacher como um piloto incrível. Era como pensar no Michael Jordan. E eu cheguei na Ferrari para ser companheiro dele. O Michael tinha a equipe para ele e uma experiência incrível”.

Para Massa, o momento vivido ao lado de Michael era incrível, por ser jovem e ter a possibilidade de aprender ao lado de um ídolo. Mas afirmou que o talento de Alonso era muito similar ao do alemão.

“Eu vivi um momento incrível correndo ao lado do Michael. Eu ainda era um jovem naquela época. E depois encontrei um piloto com um talento muito parecido e uma capacidade similar”.

“Eu sofri um pouco mais com Fernando, porque era um momento diferente. Com Schumacher era uma coisa mais ‘tenho que aprender com ele, tenho que crescer’. Com Fernando eu não era mais jovem. Tinha que competir, tinha que lutar”.

Massa correu ao lado de Alonso entre 2010 e 2013. O espanhol já chegou à equipe buscando o status de primeiro piloto, enquanto Massa estava retornando à atividade após o grave acidente sofrido no GP da Hungria no ano anterior.

Ao longo desses quatro anos, Alonso conquistou dois vice-campeonatos, em 2010 e 2012, perdendo para Sebastian Vettel na última etapa da temporada em ambas as ocasiões.

Enquanto isso, Massa não conseguia obter a mesma performance do espanhol e acabava preterido mesmo em provas que tinha um rendimento melhor, como foi o caso do GP da Alemanha de 2010 e a famosa ordem “Fernando is faster than you”.

“A nossa relação era muito profissional. Inclusive tenho uma relação muito boa com Fernando, mas sofri um pouco mais com ele. Tenho que dizer que é um piloto incrível, de capacidade fantástica”.

“É muito difícil dizer quem tinha mais talento. Os dois são muito completos”.

Fonte Motorsport

Patrocinador:

Deixe uma Resposta