Alesi vende Ferrari F40 para financiar temporada de filho na F2

Apesar de ter seu filho, Giuliano, confirmado na temporada 2020 da F2 pela equipe HWA, Jean Alesi está incomodado. Ele criticou o alto custo de uma temporada em uma categoria de acesso à F1.

Para financiar o ano de seu filho, o francês teve que vender sua Ferrari F40, que ele havia contratualmente garantido como piloto da Ferrari na Fórmula 1 nos anos 1990.

“Estou muito, muito triste com isso, porque eu sou um ex-piloto de Fórmula 1, tenho meus contatos e ainda tive que vender minha Ferrari F40”, disse Alesi  à Sky Sports . “E por quê? Porque é quase impossível encontrar patrocinadores.”

Uma Ferrari F40 usada vale cerca de um milhão de euros, cerca de R$ 5,6 milhões, o que cobre apenas a metade de um orçamento de Fórmula 2. A Fórmula 1 deve se tornar significativamente mais barata nos próximos anos, graças ao limite do orçamento, mas nada mudou na categoria júnior.

E com a atual pandemia do novo coronavírus, ficou ainda mais difícil para os pilotos encontrarem as verbas necessárias para uma temporada ou encontrar patrocinadores.

“Estou certo de que muitos pilotos não terminarão a temporada. Será um campeonato desastroso para os pilotos da Fórmula 2 e Fórmula 3”, disse o francês.
Mas Alesi espera que esse “caos”, como ele o chama, mude e que os pilotos tenham melhores oportunidades no futuro: “Eles investem muito não apenas financeiramente, mas também em suas vidas porque abandonam a escola ou a universidade, porque sonham em se tornar pilotos, e ninguém cuida deles.”

O filho de Alesis, Giuliano, tem sorte de que, graças ao pai, ele tenha algumas portas abertas. Aliás, a venda de seu carro nunca foi um problema para ele: “Em nossa família, fazemos tudo com paixão. Entre ter uma Ferrari F40 na garagem ou ver meu filho correr, não há dúvida, prefiro que ele corra. Sou velho demais para ter uma F40, de qualquer maneira.”

Giuliano Alesi faz parte da academia da Ferrari e entrará em sua segunda temporada de Fórmula 2 em 2020. O francês teve seu ano de maior sucesso em 2017, quando terminou em quinto lugar na GP3.

Fonte Motorsport

Patrocinador:

Deixe uma Resposta