Max Verstappen vence GP dos 70 anos da F1 e quebra domínio da Mercedes na temporada 2020

Em uma corrida movimentada e com estratégias dependendo dos desgaste dos pneus, Max Verstappen triunfa no GP dos 70 anos e quebra domínio da Mercedes na temporada 2020. Lewis Hamilton parou nas últimas voltas e com pneu mais macio, tentou partir para cima do holandês, mas vantagem era segura o que garantiu a vitória de Verstappen.

As Mercedes sofreram novamente com o alto desgaste dos pneus. Com ambos os carros largando com pneus médios contra o duro de Verstappen, os pneus foram perdendo desempenho no decorrer da corrida, o que deu à Verstappen a oportunidade de atacar os rivais.

A Ferrari SF1000 tem problemas de desempenho para uma volta de classificação. Mas na corrida, as coisa mudam e os carros italianos conseguem um desempenho constante. Charles Leclerc viu na corrida a chance de subir novamente no pódio.

Com as Mercedes tendo problemas de alto desgaste dos pneus, Leclerc que ocupava a 4ª, viu a possibilidade de conquista um terceiro lugar na corrida. Sebastian Vettel novamente teve um fim de semana difícil. Vettel atacou a zebra já na primeira curva durante a largada, o que o fez rodar na pista e cair para o fim do grid. Com isso, Vettel teve sua corrida arruinada terminando apenas em 12° colocado.

Alexander Albon fez uma corrida impressionante ao utilizar uma estratégia incomum sendo o primeiro a parar no box já na 7ª volta. Albon voltou no fim do pelotão. Agora, com pneus mais rápidos e sem tráfego à frente, Alex pode ganhar várias posições no decorrer da medida em que os pilotos iriam realizando suas paradas.

A Racing Point obeteve um ótimo resultado na corrida pontuando com seus dois pilotos e com Hulkenberg chegando em 7° na corrida. Hulkenberg fez uma bela corrida passando maior parte na frente de Stroll. Nas últimas voltas, Nico foi chamado para os boxes o que lhe tirou aquilo que seria uma ótima quinta posição no resultado final.

Patrocinador:

Deixe uma Resposta