Verstappen diz não esperar mais vitórias em 2019 e coloca em dúvida futuro na Red Bull

Holandês analisou chances da Red Bull vencer nos últimos GPs deste ano, falou sobre expectativas para 2020 e futuro na F1

Nesta quarta-feira, Max Verstappen participou de um evento da Tag Heuer em Amsterdã onde falou abertamente sobre seu futuro com a Red Bull na Fórmula 1, a respeito da parceria da equipe com a Honda e sobre as chances de voltar a vencer nas últimas corridas desta temporada.

O holandês deixou claro que não espera voltar ao alto do pódio em 2019, apontando que os rivais estão um passo à frente da Red Bull e que lutará para pelo menos chegar ao pódio nas quatro provas restantes.

“Precisamos ser realistas. É claro que estamos nos saindo muito bem nos últimos dois anos”. afirmou Verstappen. “Mas acho que esta temporada tem sido um pouco mais difícil”.

“Portanto, não espero que repitamos os bons resultados nas próximas corridas”, falou o holandês em referência ao desempenho no México e no Brasil em 2018. “Especialmente quando olhamos para a Ferrari, que está muito rápida nas retas. Se pudermos lutar pelo pódio desta vez, teremos feito um bom trabalho”.

Questionado novamente sobre as chances de vencer no México, onde triunfou nos últimos dois anos, Verstappen reafirmou que o pódio seria um resultado consistente “especialmente quando olhamos para como foram as últimas corridas”.

“Eu não acho que reste algum circuito em que possamos fazer um trabalho particularmente bom neste ano. Se pudermos terminar perto do pódio ou no pódio em todos os fins de semana, acho que será o máximo para nós no momento”.

Chances de brigar pelo título em 2020
Red Bull perdeu terreno para a Ferrari em 2019.

Red Bull perdeu terreno para a Ferrari em 2019.

Photo by: Andy Hone / Motorsport Images

 

Perguntado pelo site Motorsport.com sobre o quanto a estabilidade das regras para o ano que vem podem ajudar a equipe austríaca a lutar por vitórias e títulos, Verstappen deu uma resposta evasiva, dizendo o time não é o único com isso em mente.

“Acho que muitas pessoas já estão trabalhando no carro do próximo ano. Nesta temporada, não há muito o que conquistar em termos de campeonato. E falando realisticamente: a Red Bull terminará em terceiro”.

“Já sabemos o que vamos receber da Honda no início do próximo ano, então isso é bom. Mas ainda precisamos saber onde erramos neste nesta temporada para procurarmos melhorar na próxima, é claro”.

Quando questionado sobre quando achava que conquistaria seu primeiro título mundial, Verstappen manteve o realismo, mas deixou claro que espera que a Red Bull possa acertar a mão para que possa alcançar seus objetivos.

“Isso depende de como você começa uma temporada”, afirmou o holandês. “Nos últimos anos, nós claramente não fomos fortes o suficiente. Mas espero que no próximo ano possamos dar um passo adiante para podermos lutar pelo campeonato”.

“Nesse momento é difícil dizer se poderemos dar esse passo. É claro que tento fazer o máximo todos os anos, e a equipe também. Então, estabelecemos metas claras para a próxima temporada e no final veremos se as alcançamos”.

Permanência na Red Bull
Jos Verstappen tem pressionado Red Bull para dar um carro competitivo ao seu filho.

Jos Verstappen tem pressionado Red Bull para dar um carro competitivo ao seu filho.

 

Quando o futuro se tornou o assunto principal das perguntas, o holandês deixou seu destino em aberto, mas ponderou que todas as equipes e pilotos estão na mesma situação.

“Eu não sei quanto tempo vou ficar na equipe. Ainda tenho um contrato para o próximo ano e, depois disso haverá um novo regulamento, que também não foi assinado ainda. Na verdade, todo mundo está lidando sobre a questão do que será feito. Então acho que não sou o único que ainda não sabe como será o futuro”.

Sem se comprometer com a permanência na Red Bull, Verstappen demonstrou desejo por guiar o carro mais rápido, apontando que sua permanência depende do sucesso da parceria entre Red Bull e Honda.

“No fim das contas todo mundo quer vencer, então você sempre quer dirigir o carro mais rápido. Mas acredito que nós podemos chegar lá novamente como um time. A Red Bull já venceu quatro campeonatos seguidos”.

“Nós começamos uma nova parceria com a Honda que leva algum tempo para funcionar. É por isso que o foco deve estar no próximo ano e nós realmente teremos que mostrar resultados. E então veremos o que acontece depois”.

Fonte Motorsport

Patrocinador:

Deixe uma Resposta