Vettel manterá discussões com Ferrari sobre redução de salário em sigilo


Sebastian Vettel está enfrentando um momento de definição sobre seu futuro na Fórmula 1, já que está em seu último ano de contrato com a Ferrari, apesar de ter falado sobre uma possível renovação de contrato com a equipe de Maranello.

Porém, a situação do alemão continua indefinida, já que as negociações foram pausadas devido à paralisação da temporada pela pandemia da Covid-19.

Com as equipes enfrentando problemas financeiros pela falta de corridas, vários pilotos do grid tiveram seus salários reduzidos para aliviar a pressão no momento.

Falando de sua casa na Suíça para jornalistas, Vettel afirmou que está ciente do que os rivais fizeram, e que está em discussão sobre seus chefes para chegar ao melhor modo de lidar com o assunto. Porém, ele deixou claro que não tem intenção de falar sobre a decisão tomada para que não seja visto como uma oportunidade de melhorar sua imagem.

“É definitivamente algo que estou falando com a equipe”, disse. “Não sabemos como a temporada ficará, quando vai começar, quantas corridas teremos, etc. Mas sempre mantive para mim as decisões tomadas com a equipe. E dessa vez será igual”.

“Então não vou usar isso como forma de melhorar minha imagem ou algo do tipo. No passado, sempre mantive para mim as decisões e dessa vez será igual”.

Vettel afirmou que a chave nas discussões é decidir qual o tipo de temporada que será possível fazer em 2020 – com muito dependendo do número de corridas que serão realizadas.

“A questão é se teremos cinco, 10, 15 ou nenhuma corrida”, explicou. “Acho que, no momento, a situação da Fórmula 1 é bastante séria, com muitas discussões sobre o futuro. Então, qual é a coisa certa a fazer, incluindo o lado econômico?. Acho que vamos ter que esperar para ver qual o tipo de temporada que teremos”.

Fonte Motorsport

Patrocinador:

Deixe uma Resposta